NOVIDADES

Leia artigo do IG Carros: "Lifan X80, um SUV chinês de respeito"

12/07/2019

Artigo feito pelo IG Carros - Guia do Carro Jornalista: Gabriel Marazzi Eu cansei de ler e ouvir a pergunta: “Você compraria um carro chinês?” Ou então a afirmação: “Carro chinês, você ainda vai ter um!” Frases carregadas de preconceito como essas não traduzem mais a relação entre os produtos chineses, sejam automóveis, motocicletas ou quaisquer outros itens. O mercado interno da China é enorme, reflexo de um país superpopuloso – apesar de ainda haver uma grande parcela de pessoas que não consomem bens de alto valor –, o que os capacita a poder produzir bens de todas as qualidades, inclusive os de ótima qualidade. Comecei a ouvir sobre veículos chineses quando suas motocicletas começaram a chegar ao Brasil, há mais de duas décadas. Sim, eram produtos de baixo valor, importados indiscriminadamente por executivos de pastinhas que não cuidaram de suas marcas e da imagem daquela indústria ainda incipiente. Mas não é mais assim. Os chineses copiaram e agora fazem bons carros Os automóveis chineses começaram a vir depois, mas em negócios de maior maturidade e maior respeito. Hoje até temos marcas chinesas sendo produzidas por aqui. Enquanto isso, os industriais chineses copiaram bem, fizeram sua lição de casa e evoluíram, criando empresas que hoje são grandes potências. A Lifan é uma dessas empresas. Fundada em 1992, o grupo empresarial privado fabrica automóveis, motocicletas, motores e máquinas e que investe em novas fontes de energia alternativa. Também atua na área financeira e setor imobiliário. A marca está presente com seus produtos em 117 países em diferentes regiões do mundo. Na China, a Lifan está sediada na cidade de Chongqing e sua capacidade de produção de automóveis é de 200 mil veículos por ano, sendo que seu primeiro automóvel foi fabricado em 2006. No Brasil, a Lifan está presente oficialmente desde 2012 e os veículos vendidos no Brasil eram produzidos na unidade da marca no Uruguai, montados em regime CKD. Só que agora passaram a ser importados diretamente da China. A sede da empresa está em Salto, SP, onde também está o centro de distribuição de peças. Em Itajaí, SC, a empresa mantém seu centro de distribuição de veículos para sua rede de 45 concessionárias espalhadas pelo Brasil. Os veículos Lifan no Brasil eram o SUV X60, lançado em 2013, o utilitário Foison e o sedã 530, ambos lançados em 2014 porém descontinuados, com a mudança no local de produção, estando disponíveis apenas as unidades restantes na rede. O único modelo, então, é o X80, um SUV de grandes dimensões e de sete lugares que mostra que a marca também produz veículos de maior valor. Há planos de trazerem o X70 ainda este ano. X80 foi o primeiro chinês acima de R$ 100 mil O Lifan X80 foi o primeiro chinês a romper a barreira dos R$ 100.000, custando hoje exatos R$ 132.777, sendo que a centena 777 pode ser entendida como uma bem humorada referência ao logotipo da marca de ponta-cabeça (LLL). Caro? Depende. Seus concorrentes diretos custam bem mais, como o Toyota Hilux  SW4, Mitsubishi Outlander, Hyundai Santa Fe, Chevrolet Trailblazer, Kia  Sorento, Volkswagen Tiguan ou Peugeot 5008, nem todos têm mais equipamentos do que o X80 e poucos têm tanto espaço interno quanto o X80. O que fazer, então, se você pretende comprar um suv de sete lugares? O melhor a fazer é experimentar o carro e tirar suas próprias conclusões. Eu fiz isso. Uma viagem de X80 até Campos de Jordão Em um test-drive de São Paulo até Campos do Jordão, ida e volta, na ocasião de seu lançamento, pude conhecer melhor o Lifan X80 e sentí-lo na estrada por cerca de 350 km. Mas a primeira boa impressão foi ao ver o carro de longe, antes de me aproximar dele: muito bonito. Mais bonito até do que muitos suvs de marcas “consagradas”. Esse é um ponto extremamente positivo no mercado atual de automóveis, já que a aparência pode determinar a sua escolha, mesmo que outros atributos não sejam tão favoráveis. Já na estrada, mais um ponto a favor do X80, desta vez do ponto de vista dinâmico: a estabilidade direcional e em curvas, com ausência total de quaisquer movimentos laterais que muitas vezes estragam o prazer de viajar em um grande suv. A suspensão traseira independente multi-link é, em parte, responsável por essa virtude, mas o conjunto de molas e amortecedores de configuração mais firme do que o usual para esse tipo de veículo foi o que mais me agradou. Há quem prefira suspensões mais molengas, que aparentemente conferem mais conforto aos ocupantes. Aparentemente. O motor do Lifan X80 é um quatro cilindros de exatos 1984 cm3 e injeção direta de gasolina, com 16 válvulas, duplo comando no cabeçote DOHC, turbo e intercooler. Sua potência é de 184 cv, compatível com o tamanho do motor e com a proposta do carro, porém ele poderia ter um pouco mais de torque em baixas rotações do que os 280 Nm Para boas retomadas de velocidade, é preciso pisar fundo no acelerador eletrônico. O X80 é mais uma prova de que carro chinês já é um bom negócio, não apenas nesta caso da Lifan, mas também em alguns casos da JAC Motors e da Caoa Chery. Em breve publicaremos a avaliação completa do Lifan X80 no Guia do Carro. Link original da matéria: https://guiadocarro.ig.com.br/lifan-x80-um-suv-chines-de-respeito.html



Imagens para Download


MAIS RECENTES